Início > Ciência > Novo Planeta encontrado no nosso Sistema Solar?

Novo Planeta encontrado no nosso Sistema Solar?

 

Tradução: Google Tradutor.

National Geographic – 11/05/2012

Um planeta ainda não descoberto pode estar orbitando nas franjas escuras do sistema solar, de acordo com uma nova pesquisa.

Muito longe para ser fácilmente localizados por telescópios, o planeta potencial invisível parece estar fazendo sentir a sua presença ao perturbar as órbitas dos chamados objetos do cinturão de Kuiper, disse Rodney Gomes, um astrônomo do Observatório Nacional do Brasil no Rio de Janeiro.

Objetos do cinturão de Kuiper são pequenos corpos de gelo, incluindo alguns planetas anões, que se encontram além da órbita de Netuno.

Uma vez considerado o nono planeta do nosso sistema, o planeta anão Plutão, por exemplo, é um dos maiores objetos da Cintura de Kuiper, a cerca de 1.400 milhas (2.300 quilômetros) de largura. Dezenas de outros objetos são centenas de quilômetros de diâmetro, e outros mais estão sendo descobertos a cada ano.

O que é intrigante, disse Gomes, é que de acordo com seus novos cálculos, cerca de meia dúzia de objetos do cinturão de Kuiper, incluindo o corpo remoto conhecido como Sedna estão em órbitas estranhas em relação a onde deveriam estar, com base nos atuais modelos de sistemas solares.

Órbitas dos objetos inesperados tem algumas explicações possíveis, disse Gomes, que apresentou suas conclusões terça-feira em uma reunião da Sociedade Astronômica Americana, em Timberline Lodge, Oregon.

“Mas acho que o mais fácil é que seja um companheiro planetário-massa solar”, um planeta que orbita muito longe do sol, mas que é enorme o suficiente para ser ter efeitos gravitacionais sobre objetos do cinturão de Kuiper.

Planeta Mistérioso Capturado?

Para o novo trabalho, Gomes analisa as órbitas de 92 objetos do cinturão de Kuiper, e depois os comparara seus resultados com os modelos computacionais de como os corpos devem estar distribuídos, com e sem um planeta adicional.

Se não há mundo distante, conclui Gomes, os modelos não produzem as órbitas altamente alongadas que vemos em seis dos objetos.

Como exatamente o grande corpo planetário pode ser não está claro, mas há um monte de possibilidades, Gomes acrescentou.

Baseado em seus cálculos, Gomes acredita que um planeta do tamanho de Netuno, cerca de quatro vezes maior que a Terra, orbitando 140 bilhões de milhas (225 bilhões de quilômetros) de distância do sol, mais cerca de 1.500 vezes que a Terra-faria o truque.

Mas isso seria um Marte tamanho-objeto-cerca de metade da Terra de tamanho em uma órbita altamente alongada que ocasionalmente trazer o corpo de varrer para dentro de 5 bilhões de quilômetros (8 bilhões de quilômetros) do sol.

Gomes especula que o objeto misterioso pode ser um planeta errante que foi expulso do seu sistema pela própria estrela e posteriormente, capturado pela gravidade do sol.

Ou o planeta poderia ter se formado mais próximo ao nosso Sol, só para ser lançado fora por encontros gravitacionais com outros planetas.

No entanto, na verdade, encontrar um mundo assim seria um desafio.

Para começar, o planeta pode ser muito fraca. Além disso, as simulações de Gomes não dão aos astrônomos qualquer indício a respeito de para onde apontar seus telescópios “que pode estar em qualquer lugar”, disse ele.

No Smoking Gun

Outros astrônomos estão intrigados, mas dizem que vão querer uma prova a mais antes que eles se disponham a concordar que o sistema solar de novo tem nove planetas. (Ver também “Record Nine-Planet Star System descoberto?”)

“Obviamente, encontrar um outro planeta no sistema solar é um grande negócio”, disse Rory Barnes, astrônomo da Universidade de Washington. Mas, acrescentou, “Eu não acho que ele realmente tem alguma evidência que sugere que ele está lá fora.”

Em vez disso, ele acrescentou, Gomes “traçou um caminho para determinar como um planeta capaz de esculpir peças de nosso sistema solar. Assim, enquanto, sim, a prova ainda não existe, eu pensei que o maior ponto foi que ele nos mostrou que existem maneiras de encontrar essas evidências. “

Douglas Hamilton, um astrônomo da Universidade de Maryland, concorda que as novas descobertas estão longe de ser definitiva.

“O que ele mostrou em seus argumentos de probabilidade é que ele é ligeiramente mais provável. Ele não tem uma arma fumegante ainda.”

E Hal Levison, um astrônomo do Southwest Research Institute em Boulder, Colorado, diz que não é certo o que fazer com conclusão Gomes.

“Parece surpreendente para mim que um companheiro (solar) tão pequeno como Netuno poderia ter o efeito que ele vê”, disse Levison.

Mas “Eu sei que Rodney, e tenho certeza que ele fez os cálculos direito.”

Fonte: National Geographic

Comentário do Blog:

E aí está, a própria mídia corporativa dando indícios de que de fato, existe um outro planeta no nosso sistema solar. E se isto for confirmado, dará total credibilidade ao que Zecharia Sitchim disse em seus livros, que Nibiru existe e que consequentemente os Anunnaki, os habitantes de Nibiru, também existem.

Na opinião deste blog, o establishment fará de tudo para manter qualquer anormalidade no cosmos fora do conhecimento da humanidade. Embora as anomalias no nosso Sistema Solar já estejam sendo pesquisadas e registradas por astrônomos amadores.

Veja os dois últimos artigos sobre anomalía em Vênus.

Investigação pública sobre anomalía em Vênus

Investigação sobre anomalía em Vênus – Entendendo o Sistema Solar

E se este for um objeto deslocado pelo tal planeta e que agora está próximo à Vênus?

Existem várias hipóteses para o “planeta” descoberto pelo brasileiro, a suspeita é que se trate de Nibiru, conforme a tradução das tábuas sumérias feitas por Zecharia Sitchim, ou então poderia ser a irmã do Sol, uma Anã Marrom que está retornando, confirmando então que o nosso Sistema Solar é binário. E junto com esse astro outros planetas podem estar acompanhando-a. Vale ressaltar que o artigo diz que o suposto “planeta” é do tamanho de Netuno.

Desde a década de 80 que a mídia vêm noticiando um 9º planeta no Sistema Solar, mas como ele só “atravessa” o nosso caminho a cada tantos milhares de anos, o assunto nunca foi tratado com seriedade, muito menos pelas pessoas que não pesquisam e desconhecem a matéria.

Se o objeto for do tamanho de Netuno, é provável que seja uma Anã Marrom e que ela seja a fonte de energia/aquecimento para outros planetas que a orbitam, ainda que ela seja considerada uma estrela de fraca emanação de energia.

É extremamente suspeito que os “cientistas” digam que precisam de mais provas convincentes para que levantem seu traseiro da cadeira e começem a investigar o caso. Se nota claramente a má vontade em pesquisar e confirmar se o astrônomo brasileiro está correto ou não. Um cientista de verdade está sempre sedento por descoberta e conhecimento e jamais recusa um desafio. Qual é o problema? Estão com medo de se depararem com alguma “verdade incoveninente”?

Afirmar a existência de Nibiru seria o fim da elite deste planeta, porque abrirá a mente da humanidade para a existência de uma comunidade galática e que existem outras fontes de energia e maneiras diferentes de viver.

Veremos o que acontecerá quando outros corpos planetários começarem a sair do lugar e a Terra começar a responder a todos estes movimentos.

About these ads
CategoriasCiência Tags:,
  1. maio 26, 2012 às 11:47 am

    Guevara

    Excelente post, agora é só esperar para termos uma confirmação sobre o assunto.

    Um grande abraço meu amigo

    • Teleko Teko
      novembro 23, 2012 às 3:36 pm

      Com os recursos das roubalheiras do mundo praticadas por pequenos grupos, poderiam ser financiados muitos estudo interessantes para nós simples mortais terráqueos.

  2. Tibiriçá
    junho 4, 2012 às 11:14 pm

    Muito se fala sobre esses círculos e as interpretações são as mais variadas, se for obra de extraterrestres acho que eles poderiam encontrar um meios mais eficientes de fazerem essas comunicações, pela internet por exemplo, ou eles só querem nos entreter ou não são suficientemente inteligentes para fazer uma comunicação de acordo com o nosso entendimento. E se forem produzidos por “mãos” humanas, penso que talvez seja só “cortina de fumaça” para nos distrair.

    • Nils
      novembro 28, 2012 às 1:51 am

      Se os crop circles fossem humanos, lança um desafio: ofereça um agrana para quem conseguir imitar os desenhos, no tempo em que eles são feitos, em menos de uma noite.

  3. Ignorante
    julho 14, 2012 às 6:02 am

    O WISE deveria ter mostrado esse planeta, mas a NASA simplesmente disse que nada foi encontrado e tudo ficou “resolvido”. No entanto, as perturbações orbitais não foram ainda explicadas.

  4. Rodrigo Tarcio
    agosto 29, 2012 às 10:39 am

    Concordo com o comentário do blog. Mas, ressalto que como a humanidade foi ludibriada a acreditar num sistema corrupto e manipulador a probabilidade de argumentarem se tratar de um planeta-anão, ou um satélite de tamanho maior mas sem vida é grande, não concordam? Dificilmente um leigo na astronomia se prenderia a crer na possibilidade de nibiru existir. A grande maioria jamais nem ouviram falar nos sumérios?!

  5. setembro 11, 2012 às 1:49 pm

    vamos ver o que realmente será tudo isto , Só o tempo mostrará as provas

  6. setembro 26, 2012 às 10:20 pm

    Chico Xavier chamava tal planeta de Planeta Chupão e Ramatis de Planeta Higienizador que de tempos em tempos passa perto de nosso planeta e acaba acelerando as mudanças necessárias para a evolução da humanidade.

  7. edney
    outubro 31, 2012 às 10:35 am

    eu acredito sim que possa realmente existir um planeta ou uma estrela irmã do sol
    pois se o sol se move como de fosse um sistema binário só que ainda não foi encontrada outra estrela próxima ao sol para afirmar que é realmente que nosso sistema solar é um sistema binário essas evidências podem ser realmente a aproximação da estrela que confirma os próprios movimentos do sol como um sistema binário, mas como já foi falado acima existe uma elite que acredita ser escolhida para fazer com que a humanidade seja enganada das verdades existentes no universo propondo maldades, desrespeito e exigindo que todos tenham respeito por essa elite que age inesperadamente através de conspirações covardes e ocultas para se manter no poder e fazer com que toda humanidade fique cega para realidade universal até mesmo os cientistas que para manter seus empregos dependem do investimento dessa elite que investe mais cobra e sua cobrança é exatamente fazer toda humanidade cegar para a realidade e se iludir com ilusões meritosas que todo nós já tivemos a experiencia disso em nossas vidas.

  8. ezequiel
    novembro 6, 2012 às 2:48 pm

    nosso sistema solar poderia ser um sistema solar binario se jupiter fosse um pequeno sol

  9. novembro 26, 2012 às 3:02 pm

    legal no meu trabalho dessa materia eu tirei 10 sem mentira.

  10. albertyni
    novembro 28, 2012 às 2:23 pm

    niburu é o nome desse planeta e ele é o responsavel pela extinçao em massa dos dinosauros, foi ele que perturbou e fez sair de orbitaa o asteroide responsaavel por isso, e em breve ele viraa outra vez, no fim deste ano para mais uma limmpeza geral..bye

    • novembro 28, 2012 às 4:42 pm

      Não acredito que isso aconteça . Se vier algo desse tipo , irá ser inesperado , nõ tem datas marcadas . poderá ser em qualquer altura , tanto no fim do ano como daqui a 100 anos :)

  11. novembro 28, 2012 às 4:52 pm

    parece que a midia corporativa aos poucos vai dizendo algo !!!

  12. guevara2012
    março 16, 2013 às 9:47 am

    Reparem no artigo abaixo.

    (16-03-2013) Planeta gigante pode explicar evolução do sistema solar, aumentar as chances de descobrir a vida.

    http://thespacereporter.com/2013/03/giant-alien-planet-may-explain-evolution-of-solar-system-increase-chances-of-discovering-alien-life/

  13. guevara2012
    março 30, 2014 às 4:35 pm

    Newly Discovered Dwarf Planet Orbits The Sun Once Every 4,000 Years

    http://www.gizmodo.com.au/2014/03/newly-discovered-dwarf-planet-suggests-planet-x-exists-after-all/

  14. guevara2012
    junho 13, 2014 às 6:49 pm

    Two giant planets may cruise unseen beyond Pluto

    The monsters are multiplying. Just months after astronomers announced hints of a giant “Planet X” lurking beyond Pluto, a team in Spain says there may actually be two supersized planets hiding in the outer reaches of our solar system.

    When potential dwarf planet 2012 VP113 was discovered in March, it joined a handful of unusual rocky objects known to reside beyond the orbit of Pluto. These small objects have curiously aligned orbits, which hints that an unseen planet even further out is influencing their behaviour. Scientists calculated that this world would be about 10 times the mass of Earth and would orbit at roughly 250 times Earth’s distance from the sun.

    http://www.newscientist.com/article/dn25711-two-giant-planets-may-cruise-unseen-beyond-pluto.html#.U5rY6yhCz7A

    Vai vendo…

  1. maio 16, 2012 às 10:22 pm
  2. maio 17, 2012 às 7:02 pm
  3. setembro 26, 2012 às 8:40 pm

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: